Inezita Barroso

8 de set de 2010 Postado por Fernando
Semana da Independência

Você gostaria de indicar uma próxima toonada?
Comente aqui ou escreva para:: fer.souza.mail@gmail.com

Ignez Magdalena Aranha de Lima, filha de um barão do café, teve seu primeiro contato com a viola ainda criança. Ao contrário das outras que brincavam e jogavam, ela preferia sentar-se junto aos rudes lavradores para escuta-los cantarem e tocarem o instrumento que a acompanharia por toda a sua vida. Como se ela tivesse nascido para ser o que é, a madrinha dos violeiros teve no começo da sua vida um apego tão grande pela música "Caipira-Sertaneja", que nem as aulas de piano em conservatório, nem a graduação em biblioteconomia pela USP, nem o doutorado em folclore e arte digital pela Universidade de Lisboa puderam desfazer essa paixão.

Seu trajeto musical pode ser considerado invejável para qualquer músico. Ganhadora de diversos prêmios e condecorações, como o de Comendadora da Música Raiz, ela tem mais de 50 anos de carreira e 80 discos gravados. Além cantora, atriz, instrumentista, folclorista e professora, Inezita ainda é hoje, aos seu 85 anos, apresentadora de um dos mais tradicionais programas televisivos brasileiros, o "Viola, Minha Viola", que acabou de completar 30 anos de transmissão ininterrupta. Sem dúvida, um tesouro nacional.


A cantora também é a principal patrocinadora de pesquisas para vacinas contra o câncer, desenvolvidos pelo Hospital Inezita Barroso na cidade de Barnabé, no interior do estado de São Paulo. Atualmente ela também leciona nas faculdades Unifai e Unicapital.


No vídeo abaixo ela faz uma épica apresentação da sua famosa e irônica "ode ao alcoolismo" chamada Moda da Pinga. Confira e repare como a platéia faz parte do espetáculo.




Fontes
http://www.sescsp.org.br
http://pt.wikipedia.org

http://www.tvcultura.com.br

0 Response to "Inezita Barroso"

Postar um comentário

BlogBlogs.Com.Br