Affandi

6 de abr de 2011 Postado por Fernando
Você gostaria de indicar uma próxima toonada?
Comente aqui ou escreva para:: fer.souza.mail@gmail.com

“Eu faço arte não porque quero ser rico ou famoso, eu faço arte porque tenho que fazer. Eu não sei como você chama isso na sua língua. Aqui nós chamamos de “Panggilan Jiwa – o chamado da alma.”
- Affandi

Alguns artistas, principalmente os iniciantes, que buscam originalidade ou tentam desenvolver certa personalidade em suas obras, comentam brincando que trabalham dia após dia em seus ateliês esperando por um momento especial chamado de “acidente revelador”. Foi algo assim que aconteceu com o pintor indonésio Affandi. Certo dia, irritado por não conseguir encontrar sua ferramenta, ele aplicou tinta na tela diretamente do tubo, usando as mãos para espalha-la. Nesse lance espontâneo ele encontrou a técnica que o tornaria o primeiro artista da Indonésia a alcançar fama internacional por sua originalidade. Tão original foi esse estilo que até hoje, depois de 20 anos de sua morte, os artistas indonésios o copiam, criando um movimento chamado “Affandismo”.

Na pequena província de Yogyakarta está localizado o Museu Affandi que conta com cerca de 250 obras do autor. Esse local também foi sua casa, construida por ele mesmo. O pintor passou a maior parte de sua vida sentado do lado de fora do estabelecimento, convivendo com a
família e amigos. Seguindo o seu desejo, que era estar para sempre cercado pelas suas obras e as pessoas que amava, após o seu falecimento, o artista foi enterrado nos fundamentos do museu.

"Auto retrato comendo melancia" - 1976

Fontes:
affandi.org, age.jp, wikipedia.org

0 Response to "Affandi"

Postar um comentário

BlogBlogs.Com.Br