Jamaica Kincaid

3 de mar de 2011 Postado por Fernando
Você gostaria de indicar uma próxima toonada?
Comente aqui ou escreva para:: fer.souza.mail@gmail.com

"Compreendi que eu estava inventando a mim mesma, e que eu estava fazendo isso mais como um pintor do que como um cientista. Eu não podia contar com precisão ou cálculo; eu só podia contar com a intuição."
- Jamaica Kincaid

Elaine Potter Richardson nasceu em 1949 na ilha Antiqua. Ela teve educação inglesa, era uma das melhores da classe e planejava ser enfermeira. Durante sua adolescência, sua mãe teve três filhos em um curto espaço de tempo, comprometendo a renda familiar e o relacionamento entre elas duas. Em um difícil momento de sua vida, onde ela mais carecia de atenção e se sentia tão negligenciada, ela foi enviada por seus pais ao EUA para trabalhar, com o intuito de enviar a eles o seu salário para ajudar nas despesas da casa.


Sozinha em solo americano, com apenas 17 anos, Elaine é assolada por depressão e resolve mudar de idéia com relação os seus deveres. Ela decide cortar relações com sua família, nem sequer abrindo as cartas que recebia de sua mãe, muito menos enviando dinheiro. Ela também muda seu nome para Jamaica Kincaid.


Após diversos empregos como "
au pair", ela começa a estudar fotografia e enviar seus textos para editores. Um deles resolve dar uma oportunidade a ela, oferecendo uma coluna na revista New Yorker. Tempos depois, Jamaica se casa com o filho do editor, torna-se professora em Vermont e escreve livros. Em suas novelas, Kincaid reflete sobre os problemas de seu país natal e sobre a influência da relação mãe-filha na formação de uma identidade feminina em uma sociedade dominada por homens.

Seus principais trabalhos são: "Lucy", "Um Lugar Pequeno" e "A Autobiografia da Minha Mãe".


Fontes: postcolonialweb.org, english.emory.edu, bbc.co.uk.

0 Response to "Jamaica Kincaid"

Postar um comentário

BlogBlogs.Com.Br