Saparmyrat Nyýazow

15 de dez de 2011 Postado por Fernando
Você gostaria de indicar uma próxima toonada?
Comente aqui ou escreva para:: fer.souza.mail@gmail.com

De origem simples, membro de uma família de trabalhadores e criado num orfanato, Niyazov foi eleito como primeiro presidente da República Socialista Soviética Turquemena em 1990, para logo no ano seguinte, proclamar a independência do Turquemenistão, até então ligado à União Soviética. Em junho de 1991 ele foi eleito o primeiro Presidente da Republica do Turcomenistão, e ocupou o cargo até 2006.

Já falecido, o ex-presidente sempre será lembrado por uma série de decretos bem incomuns.

- Ele mudou a palavra turca para o pão.
- Ordenou a construção de uma pirâmide com cerca de 40 metros de altura.
- Colocou uma série de estátuas em sua homenagem por toda a capital, uma delas toda em ouro, foi colocada numa praça da capital, Ashkabad. O monumento foi equipado com uma base rotativa que lhe permite estar sempre voltado na direção do sol.
- Escreveu o livro Rukhnama ("O Livro da Alma"), obra de fundo filosófico que foi selecionada como leitura obrigatória nas escolas. Uma enorme réplica mecânica do livro foi contruída no centro da capital; todas as noites às 20:00 a coisa se abre e passagens são recitadas em um vídeo. Um culto a personalidade deveras bem criativo.
-Em dezembro de 2005, baniu do país todos os jogos de vídeo-game, afirmando que eles eram muito violentos para jovens turcomanos. Justo. Com um presidente tão legal assim, quem se importa com os games?
- Nyýazow alterou os nomes dos meses do ano e dos dias da semana. Janeiro, por exemplo, foi nomeado com seu título pessoal "Turkmenbashi" (Pai dos turcomenos"), o mês de abril virou Gurbansoltan, em homenagem à mãe do presidente e setembro Rukhnama, em honra ao seu livro.
- E outras coisas...
Fontes: tmrepublican.org , lindsayfincher.com , wikipedia.org

0 Response to "Saparmyrat Nyýazow"

Postar um comentário

BlogBlogs.Com.Br